A Nação Zumbi deve lançar em fevereiro duas músicas do seu novo álbum. A banda de Recife quebrará um hiato desde Fome de Tudo (2007). O disco é esperado para março. 

Em entrevista ao Virgula Música, o vocalista Jorge du Peixe, falou que o disco produzido por Alexandre Kassin e Berna Ceppas, com mixagem de  Mário Caldato Jr, deve ser menos conceitual“A gente tinha até uma certa cobrança por parte dos fãs de ser um pouco mais tranquilos, menos conceituais e tal. O conceito vem de cada música, cada disco. Isso às vezes não precisa botar um nome, esse tipo de coisa, o próprio disco já diz”, afirmou.

Ele comentou também que as mudanças de sonoridade não parecem ter sido uma imposição interna. “‘É o som da Nação Zumbi trazendo histórias novas. O som é o mesmo, a formação da Nação é a mesma, mas claro que tudo que você ouve, que você lê, você assiste está na sua música. Sou influenciado por cinema, por quadrinhos, por literatura, tudo isso acaba vindo a cada disco, a cada conceito ou a cada música”, disse.

Mangueboys e manguegirls, preparem-se para o rolezinho “afrociberdélico” – de africano, cibenético e psicodélico – do maracatu de uma tonelada.

Sem mais artigos