O cantor Naldo afirmou, em entrevista ao Portal Virgula, que vai apresentar um programa sobre música, na Rede Globo, que será exibido aos domingos, durante o período de férias do semanal Esquenta, de Regina Casé.                                                                                                                                              
O músico carioca, que se apresentou na boate Ballroom, em São Paulo, na noite desta quarta-feira (04), acredita que será um bom apresentador: “eu gosto de falar para as câmeras. Fiz alguns filmes publicitários, adoro gravar clipes e recentemente rolou o meu DVD, acho que essas experiências vão me ajudar. Eu estou muito animado e certamente novas portas vão se abrir”. 

Sobre a possibilidade de comandar a atração ao lado da colega Anitta, o funkeiro afirmou que “cada um terá o seu programa”. “Será um rodízio, a cada semana teremos um apresentador. Não sei se ela [Anitta] também vai participar, mas eu já conversei com a produção e está tudo certo. Temos uma relação muito legal e, se caso rolar de dividir o programa, vai ser legal pra caramba também.”

“O tema será música em geral, não necessariamente só funk. Vai rolar de tudo: rock, sertanejo, samba e forró. O que me passaram é que o programa será muito alto astral e eu vou poder fazer tudo o que me der vontade. Tenho certeza que vai ser muito bacana e uma grande experiência. Tudo o que eu faço é com muito amor e respeito aos meu fãs, espero dar o melhor de mim e aproveitar a oportunidade”, explica. 

Naldo também falou sobre as cinco indicações ao Grammy Latino, que segundo sua assessoria de imprensa, ele recebeu: “eu sempre desejei isso, mas não esperava. Eu estava trabalhando muito no DVD e fiquei surpreso quando recebi a notícia. O melhor de tudo é fazer o meu país ser reconhecido lá fora. Levar a música brasileira para as pessoas. Eu tenho muito orgulho do meu país e pode representá-lo em uma premiação como essa é muito recompensador”. 

O cantor acredita que as indicações poderão impulsionar sua carreira no exterior. “Já tenho algumas músicas que estão tocando lá fora, mas agora estou investindo nisso. O meu DVD [que foi gravado em tecnologia 3D, no mês de julho, em SP] terá uma versão nacional e internacional. Estou com vários shows marcados nos Estados Unidos e muitas coisas estão rolando”, finaliza. 

Sem mais artigos