Sinara

Rodrigo Molina Sinara

Herdeiros de Gilberto Gil, os guitarristas João Francisco e o baterista José Gil – netos e filho do ex-ministro da Cultura – são três quintos da banda Sinara, que está lançando seu primeiro EP, intitulado Sol. A banda, que mistura rock e reggae, se completa com os vocais de Luthuli Ayodele e o baixo de Magno Brito.

Francisco conta que tudo começou quando ele e Luthuli se conheceram ainda na infância na favela da Rocinha, onde mora o pai do vocalista. Mas foi alguns anos depois, quando eles voltaram a se encontrar na escola, que a amizade ficou forte de vez. “O Luthuli chegou com as letras, um produto que ele tinha feito sozinho, e aí eu falei pra ele de montarmos uma banda. Chamei minha galera, meus primos José e João, e a gente começou”, diz.

Para José, o filho mais novo de Gil, a banda não se sente intimidada por causa dessa relação com o músico. “Não tem pressão por isso, não. Ele é simplesmente uma grande influência pra gente e é da onde a gente tirou a nossa vontade de fazer e viver de música”, conta. Mesmo assim, José levanta um aspecto negativo: “as pessoas acham que a gente só está conquistando oportunidades por isso, e não é bem assim. Nós trabalhamos pra que valorizem o nosso trabalho.”

Sol é resultado da maturidade adquirida pela banda após passar um ano ensaiando em estúdio e outro com o pé na estrada, fazendo shows de abertura e para eventos corporativos. “A gente já tem alguns shows marcados para divulgar esse EP, mas a nossa intenção é fazer cada vez mais shows e chegar a cada vez mais pessoas”, conta Francisco. Além de estar disponível para streaming em sites como o Spotify, o EP também pode ser baixado no iTunes.

Sem mais artigos