Nicolas Sarkozy está devolvendo a Carla Bruni o apoio dado por ela durante o período em que ele governou a França. O ex-presidente compareceu aos primeiros shows da nova turnê da mulher e se declarou fã da cantora.

“Ela me apoiou tanto, que o mínimo que posso fazer é estar presente porque sou fã de Carla Bruni. Isso é tudo”, afirmou.

O ex-chefe de Estado presenciou o concerto que Bruni ofereceu em Longjumeau, sudoeste de Paris, o segundo da turnê na qual a ex-modelo apresenta seu quarto e último disco, Little French Songs.

“Me encantaria poder ir a todos os concertos. Não será possível, mas sempre que puder, irei para apoiá-la”, acrescentou o ex-presidente, que se mostrou reticente a pronunciar-se sobre sua volta à política.

O novo álbum de Bruni dá sequência a seus outros três: Quelqu’um m’a dit, Não Promises e Comme se de rien n’était. Este último, lançado em 2008, não foi divulgado devido aos compromissos de primeira-dama da cantora.

Sem mais artigos