No mês da visibilidade, Lulu Praxedes canta sobre o “amor sapatão”

Após mergulhar profundamente no seu próprio eu e se entender entre términos e recomeços de relações íntimas, a cantora Lulu Praxedes apresenta seu novo EP “Análise”, que é um conjunto de músicas que viajam por um processo de autoconhecimento muito intenso. O EP chegou nesta sexta-feira (3) às plataformas de música.

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

Soando como uma autobiografia, Lulu Praxedes reúne em quatro faixas histórias que marcaram sua vivência enquanto mulher lésbica. “Há neste projeto  a tradução do amor sapatão, de toda intensidade que é o amor entre duas mulheres. Tem toda graça e a desgraça de amar outra mulher, não tem como amar pela metade. É tudo e tudo”, contou.

Depois de passar por uma experiência muito intensa na pandemia, não muito diferente de todo mundo, Lulu resolveu se encarar e tratar suas questões, o que resultou em uma nova forma de compor, sem se exigir tanto, mas estando em paz em vários aspectos da vida. “Saí de um relacionamento que já não me fazia bem e precisei me resgatar em todos os sentidos, me redescobrir, me entender. E com certeza, até o fato de parar e olhar pra mim, é muito da análise, de me escutar”, revelou a cantora.

Depois, ela conclui: “Daí nasceram as histórias de “Análise”, que narram uma multiplicidade de vivências do amor entre duas mulheres e é uma junção de todas essas fases. “Neste trabalho eu dei uma volta por alguns relacionamentos que tive ao longo dos anos, é sofrido e é feliz também. Tem sido libertador cantar e escrever todas essas sensações com mais profissionalismo e maturidade”.

O EP, que traz a produção musical assinada pela própria Lulu Praxedes, traz uma atmosfera sonora misteriosa, que com a forte presença de beats eletrônicos e sintetizadores.

No mês da visibilidade, Lulu Praxedes canta sobre o "amor sapatão"

Sem mais artigos