Mesmo com muita animação e fôlego, fica difícil assistir a todos os shows que se gostaria. Com a programação e horários em mãos, o que dá vontade mesmo é ver de tudo um pouco.

Brasileiros com trabalhos de primeiríssima qualidade dividiram a noite com grandes nomes da música internacional, como os consagrados e reconsagrados alemães do Kraftwerk, que já carimbaram o passaporte por aqui antes, e estreias em solo brasileiro como o rapper mascarado Doom e o inglês James Blake, que mandou um dj set nessa primeira noite.

Representando o Brasil, marcaram presença artistas como DJ Mark, DJ Patife, Criolo, Zegon, Emicida, Gui Borato, só para citar alguns. Muito legal ver e rever esses velhos e novos conhecidos da pista de dança e noitadas tropicais, botando a pista abaixo com animação e carisma Made in Brasil.

<iframe width=”636″ height=”358″ src=”http://www.youtube.com/embed/JHsAOoFg-ks” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

Sem mais artigos