Taylor Swift é acusada de violar marca de parque temático

Um parque temático localizado em Utah, nos Esta dos Unidos, entrou com um processo contra a cantora Taylor Swift por violação de marca no mais recente álbum da cantora.

O disco “Evermore”, lançado recentemente por Taylor, teria violado a marca do parque, de mesmo nome, que foi construído em 2018 e disse ter todos os direitos sobre comercialização de produtos, incluindo roupas, com a marca.

Os donos do Evermore Park acusam Taylor de saber que a marca já existia e não se importar com a ação de violação. Segundo eles, a empresa perdeu muito dinheiro desde que o álbum foi lançado porque as pesquisas no Google baixaram a procura dos produtos, já que remetem ao álbum da cantora.

A equipe de Taylor fez questão de responder sobre o processo e alegou que o dono do parque tem milhões de dólares em dívidas com a construção e quer apenas holofotes para se promover e arrecadar uma boa quantia.

Sem mais artigos