Declaração polêmica de RM faz BTS perder patrocinadores

O BTS, maior grupo de k-pop do mundo, começou a semana com uma polêmica envolvendo patrocínios na China após uma declaração de RM, um dos integrantes da banda, fazendo menção à Guerra da Coreia.

“Nós sempre vamos nos lembrar da história de dor que nossas nações compartilham, e dos sacrifícios de incontáveis homens e mulheres”, disse RM.

A frase aconteceu em um discurso do integrante ao receber o prêmio da ONG norte-americana Korea Society, que prestou homenagens ao BTS pelo incentivo às relações culturais entre EUA e Coreia do Sul.

Mas o comentário não caiu bem na China. Jornalistas e internautas ficaram zangados com RM por não citar os soldados chineses que lutaram na guerra, ao lado da Coreia do Norte, contra EUA e Coreia do Sul.

A atitude rendeu a perda de alguns patrocinadores ao grupo na China. Samsung, Fila e Hyundai, por exemplo, já retiraram menções ao BTS dos seus sites no país.

Sem mais artigos