O cantor e compositor americano Paul Simon celebrará o 25º aniversário de Graceland, o disco que gravou com músicos sul-africanos para denunciar o “apartheid”, com uma edição especial que destaca um documentário sobre a influência deste emblemático álbum.

A edição de luxo, que será lançada no próximo dia 5 de junho pela Legacy/Sony Music, apresentará uma caixa com dois discos – o álbum original e outro com raridades -, além do documentário Under African Skies, de Joe Berlinger. O filme, que estreou no festival de Sundance em janeiro, reflete a criação e a influência deste mítico álbum de Paul Simon.

O documentário traz imagens da primeira visita do cantor à África do Sul há 25 anos e uma análise da decisão artística de Simon em trabalhar com músicos sul-africanos mesmo diante de uma tensa situação política, um fato que acabou rompendo o boicote cultural das Nações Unidas ao país africano para forçar o fim do apartheid.

Além da polêmica gerada, o álbum vendeu 14 milhões de cópias no mundo todo em 1986, conquistando o Grammy de melhor álbum do ano no seguinte, enquanto a turnê do disco se prolongou por cinco anos.

Sem mais artigos