Ensaiando há meses, se preparando há anos e muito próximo de realizar um sonho de vida, o cantor Péricles, ex-vocalista do Exaltasamba, conversou com o Virgula Música e abriu o jogo sobre sua carreira, desde o grupo de jovens, aos 14 anos, até o ápice do sucesso e o desafio atual de se arriscar em uma carreira solo.

Próximo de gravar seu primeiro DVD sem o Exaltasamba, Péricles relembra as dificuldades do início de carreira, de todos os problemas que encontrou no caminho e, principalmente, de uma força em especial que não o fez desistir, chamada Dona Célia.

“Sempre o início de qualquer trajetória é muito mais complicado. Você lida com o descredito de todos. Posso dizer que desde o começo, quem me apoiou mesmo foi minha mãe, ela foi a maior matriz e responsável pelo que sou hoje. Dependo dela e sou a imagem dela”, disse o cantor, que já imagina e até sente como será o primeiro encontro com os fãs no dia da gravação. “Já estou com frio na barriga, na mão, no pé, em tudo. É um momento único. A gente sempre sonha com esse instante. Existe uma diferença muito grande entre aquilo que a gente imagina e o que acontece de fato, e deus tem sido muito generoso comigo”, completou.

Com as presenças de Luan Santana e Lucas Morato, seu filho, já confirmadas como convidados especiais deste DVD, o cantor projeta um show diferente daqueles que os exaltamaníacos eram acostumados. Ao contrário das pistas lotadas de fãs pulando e dançando, Péricles optou por mesas e cadeiras para aqueles que forem a gravação, e foi direto na explicação. “A musica é um universo muito amplo e vou explorar isso das melhores maneiras. A escolha de ter mesas e cadeiras foi simples, pois eu sei que parte do publico que me acompanha tem uma idade mais avançada, de 30 anos pra cima, e eu quero gerar conforto a eles. É por isso escolhemos assim”, explicou.

Integrando Exaltasamba desde 1989, quando deixou o Sorriso Novo para se arriscar nos vocais do conjunto que já tinha Pinha e Thell como componentes, Péricles chegou a pausar a entrevista toda vez que o assunto abordado era o seu ex-grupo.“Toda vez que eu falo do Exalta eu me emociono. Pois pra mim, o Exalta é tudo. E é o responsável pelo que sou hoje, tanto como musico como ser humano. Muita coisa que aprendi na vida eu devo ao Exalta”, disse o cantor, que citou seu momento mais marcante na carreira.

“A gravação do DVD no Palestra Itália. Com certeza foi o momento mais marcante. Se eu pudesse viver todos os dias esse momento, seria bom demais”, completou.Questionado sobre quem seria seu ídolo no meio musical, Péricles citou alguns grupos, como Fundo de Quintal, mas na hora de separar sua maior referencia, não pensou duas vezes. “Sou muito fã do Arlindo Cruz e do Fundo de Quintal, como instituição e pelo que eles fazem pelo samba. Mas, como toco banjo, me inspiro do Arlindo, ele é acima da média”.

SERVIÇO:

O QUE: Péricles grava o seu primeiro DVD solo 
ONDE: Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro
QUANDO: 04 e 05 de maiorl (Sexta-feira e Sábado), às 23h30
CONTATO: 4003-5588
QUANTO: Entre R$ 200 e R$ 35 

Sem mais artigos