Muito se fala sobre como ouvir música em streaming (sem baixar) irá tomar o lugar do download. A indústria fonográfica tem discutido bastante sobre como fazer para ganhar dinheiro com isso.

Enquanto eles discutem, a realidade segue escutando música de graça. E os números são indiscutíveis: uma pesquisa da Nielsen (que compila a parada americana) e da Midem (tradicional feira da indústria musical) feita nos EUA revelou que, por exemplo, muito mais gente ouve música no YouTube do que baixa de forma legal.

Segundo os resultados, “mais de 60% declarou que assistiu vídeos de música no computador contra menos de 20% que baixaram música legalmente”.

Foram entrevistadas 26.644 pessoas. Destas, 21% ouvem música em streaming no celular, 23% assistem clipes no aparelho e 20% ou baixam ou usam aplicativos.

Outros números: 36% ouvem streaming de música no computador, 35% acessam música através de redes sociais, 30% ouvem arquivos de música nos seus celulares e 27% usam aparelhos de música portáteis como tocadores de MP3.

Sem mais artigos