A policia inglesa está investigando outras duas mulheres que ofereceram bebês a Ian Watkins, vocalista da banda Lostprophets.

A investigação surge após uma declaração da policia em que foi indicado que se esperam mais detenções no no caso de pedofilia que envolve o vocalista dos Lostprophets.

 

Aparentemente outras duas mulheres e as suas crianças estão envolvidas. Segundo o jornal Mirror, os detetives foram avisados sobre a dupla e já se encontram em investigações.

Uma mulher de 36 anos teria visitado Watkins em um hotel em Londres e acredita-se que ela tenha permitido a Watkins abusar de sua filha.

A outra mulher teria enviado fotografias de menores a Ian, que foi condenado na semana passada a 35 anos de prisão por abuso de menores.

Estes novos dados poderão levar Watkins e estas duas mulheres a novo julgamento, separado do inicial que viu outras duas mulheres, identificadas como A e B, a serem presas por 14 e 17 anos respectivamente.

Sem mais artigos