Antes mesmo da abertura das portas da casa de shows HSBC Brasil, em São Paulo, já havia muitos fãs ansiosos para ver o The xx. A banda inglesa foi a maior atração do Popload Festival. Mas, antes dos queridinhos subirem ao palco, o capixaba Silva entreou em cena às 20h30, para apresentar as faixas Claridão (2012), seu aclamado álbum de estreia. 

Em palco montado no hall do HSBC, o cantor enfrentou alguns problemas técnicos em sua apresentação. Apesar disso, Silva conseguiu aquecer o bom público que chegava ao local com covers  de faixas como Mais Feliz, de Cazuza.

No palco principal, a banda Yuck fazia sua estreia oficial no Brasil. A banda britânica formada por Max BloomMariko Doi Jonny Rogoff havia feito uma única apresentaçção no país, em 2011, em uma festa fechada organizada por uma marca de roupas. De volta a São Paulo, o grupo mostrou faixas de seu mais recente álbum Glow & Behold (2013) e parece se recuperar da saída repentina do vocalista Daniel Blumberg.

Então, finalmente, a atração mais esperada da noite entreou em cena. Com a faixa Try, do álbum Coexist (2012), o trio britânico arrancou os gritos animados dos fãs aglomerados em frente ao palco. “Este é o primeiro show em SP”, disseram em seu primeiro contato com o público. Com casa lotada em uma noite quente na capital paulista, o calor era forte entre as querto mil pessoas que ocupavam a casa. 

O show seguiu com Crystalized, uma das canções mais lentas e sensuais do set list. Islands também teve boa aceitação e foi cantada pelos fãs. Os britânicos se despediram com Infinity, mas o público se negou a deixar o local. Após muitos gritos, o The xx voltou ao palco e tocou Intro, seu único tema instrumental.

Em seguida, os londrinos presentearam o público com Angels, o primeiro single do segundo disco e que foi cantada em uníssono pelo público. Apesar de soturnos, o trio formado por Romy Madley CroftOliver Sim Jamie Smith pareceu muito surpreso com a reação do público e prometeu “voltar em breve” ao país. 

Sem mais artigos