Os integrantes do Radiohead dizem estar “desolados” com a perda do “amigo” Scott Johnson, o rodie do grupo que morreu no último sábado após a queda do cenário onde a banda britânica iria se apresentar em Toronto.

A estrutura metálica do palco desabou sobre a equipe de som e, além da morte de Johnson, causou mais quatro feridos. O técnico de som, de 33 anos, era muito conhecido entre os profissionais de “backstage” e já tinha trabalhado com outros artistas, como Keane e White Lies.

Após o acidente, o Radiohead foi obrigado a cancelar o show no Downsview Park, local que esperava receber 40 mil fãs da banda britânica.

“Estamos todos desolados com a morte de Scott Johnson. Era um homem encantador, sempre otimista e divertido”, assegurou Phil Selway, percussionista do Radiohead, em comunicado publicado na página oficial da banda.

“Era um grande especialista e um membro muito valioso de nossa equipe de turnê. Nosso pensamento e amor está com sua família e com todas as pessoas próximas a ele”, acrescentou Selway.

Outros artistas, como o percussionista de White Lies, Jack Lawrence Brown, e o músico Geoff Barrow, do Portishead, também expressaram seus pêsames através de redes sociais.

“Era um homem com muito talento e um menino encantador. Estou encantado de ter conhecido Johnson. Foi uma grande perda. Descansa em paz”, escreveu Lawrence em seu perfil no Twitter.

O grupo Radiohead, que atualmente se encontra turnê pela América do Norte, já possui algumas datas marcadas em seu retorno ao Reino Unido: 6 de outubro, no Manchester Arena, e 8 e 9, no O2 Arena.

Sem mais artigos