Randy Blythe, vocalista da banda de metal Lamb of God, foi formalmente acusado de homicídio involuntário pelas autoridades da República Tcheca. O incidente aconteceu em 2010, quando a banda fazia uma apresentação no país e Randy Blythe empurrou um fã que invadiu o palco diversas vezes. Depois de cair, o jovem foi hospitalizado, entrou em estado de coma e faleceu. 

O tribunal agora tem três meses para marcar uma data para o julgamento do músico. “Acreditamos que o Randy reagiu de forma profissional à grande quantidade de fãs que entraram em palco naquele dia, muitos dos quais aparecem em vídeos na internet. Temos depoimentos dos responsáveis pela casa de shows que reconhecem que houve problemas com a segurança e com as grades naquela noite”, escreveu, em comunicado oficial, Larry Mazer, empresário do grupo. 

Durante uma entrevista, o músico afirmou que compreende a dor da família do rapaz que falaceu. “Sei que esta família está passando pelo pior momento de suas vidas e têm questionamentos que querem ver respondidos. Por isso, embora mantenha a minha inocência, sinto-me obrigado a fazer o meu melhor para lhes dar essas respostas”, disse Randy ao jornal norte-americano LA Weekly.

O cantor explicou ainda que perdeu a filha de poucos meses, portadora de um problema no coração, fato que o faz capaz de entender a dor da família. “É algo que eu não consigo descrever e que ninguém pode perceber, a menos que tenha passado por isso”. 

<object width=”636″ height=”358″><param name=”movie” value=”http://www.youtube.com/v/oqdZpxkzNvc?version=3&amp;hl=en_US”></param><param name=”allowFullScreen” value=”true”></param><param name=”allowscriptaccess” value=”always”></param><embed src=”http://www.youtube.com/v/oqdZpxkzNvc?version=3&amp;hl=en_US” type=”application/x-shockwave-flash” width=”636″ height=”358″ allowscriptaccess=”always” allowfullscreen=”true”></embed></object>


Sem mais artigos