Produtor de Björk desde 1997, pioneiro da IDM, acid house e UK techno, com o LFO, nos anos 90, e com contribuições com o Depeche Mode no currículo, o músico e produtor Mark Bell, que morreu na semana passada e teve sua morte confirmada na segunda-feira (13) pela gravadora Warp

Bell formou o LFO, duo com Gez Varley, e ajudou a construir a reputação da gravadora de Sheffield. O projeto cresceu junto com a eletrônica inglesa e emplacou alguns hinos.

O LFO é o som do coração de muitos DJ que surgiu depois deles 

Em 1997, com Homogenic, iniciou a colaboração com Björk que se extendeu até seu trabalho mais recente, Biophilia, de 2011.

Com o Depeche Mode, ele fez Exciter (2001), um disco que não está entre os melhores da banda

Ele também dedicou-se ao hip hop, com o projeto Deltron 3030, que reúne Dan the Automator, o rapper Del the Funky Homosapien e Kid Koala. Se liga no balanço.

 

Björk, em seu perfil, no Facebook postou apenas uma música, do LFO: 

 Valeu, Mark Bell, bela passagem pelo planeta.

Sem mais artigos