Todo final de ano é a mesma novela: escolher alguns fatos marcantes para representar os 365 dias que passaram.

Mas em 2011 esse trabalho foi facilitado por um fenômeno que se estendeu desde o último ano: a quantidade avassaladora de atrações internacionais que passaram por solo brasileiro. De Strokes a New Order, de Metallica a Ringo Starr, de Rock in Rio a SWU, teve para todos os gostos mesmo.

2011 também foi o ano dos webhits: Rebecca Black festejou com Friday, a Banda Mais Bonita da Cidade nos impregnou de Oração e os Avassaladores mostraram que são Foda. O retorno triunfante do rap nacional ao mainstream com nomes como Criolo e Emicida, a consolidação do sertanejo universitário e a queda do Happy Rock.

Rihanna e Katy Perry dominaram as paradas de sucesso, deixando para trás maquinas de hits como Lady Gaga e Justin Bieber. Mas, 2011 foi também um ano de perdas irreparáveis: Amy Winhehouse nos deixou para entrar no “clube dos 27” e Gil Scott-Heron partiu no auge de sua criatividade.

Listamos os 60 fatos musicais mais significativos do ano, para acessar basta clicar na foto acima.

E feliz 2012!



Sem mais artigos