Rihanna tirou a roupa para estampar a edição especial da revista GQ, que lista as ‘personalidades do ano’. A publicação, que chega às bancas em dezembro, elegeu a cantora como ‘a mulher obsessão de 2012’. 

Além de um lindo e sensual ensaio, a caribenha deu uma sincera entrevista em que falou sobre sua carreira, o relacionamento com Chris Brown, preferências sexuais, e Unapologetic, seu sétimo álbum de estúdio com previsão de lançamento para o dia 19 de novembro. 

“Gosto de me sentir como uma mulher”, respondeu quando perguntada sobre o que a excita. “Preciso estar no controle em todos os outros aspectos da minha vida, então eu penso que em um relacionamento quero estar um passo atrás e ter alguém que tome o controle”.

“O amor te leva a lugares que provavelmente você nunca iria se não fosse por ele. Mas penso que todo mundo tem seus limites”, disse sobre seu conturbado romance com o rapper Chris Brown. Em 2009, o músico a agrediu e foi condenado a fazer trabalhos comunitários.

Para apimentar ainda mais a publicação, Rihanna falou sobre a naturalidade sua sexualidade. “No meu país [Barbados], sexo é uma coisa normal. Já nos Estados Unidos o assunto é tratado como se fosse o fruto proibido, o que só deixa as crianças mais curiosas”, finalizou.

 

Sem mais artigos