A justiça manteve sua decisão e condenou Roberto Carlos e Erasmo Carlos por plágio.

O advogado de Roberto Carlos estava aguardando a resposta do recurso, no qual pediu para que o valor de R$5 milhões, estipulado a princípio como indenização, baixasse.

Em 1990, o cantor Sebastião Braga entrou com uma ação acusando os cantores de plagiar a música “Loucuras de Amor”, gravada por Roberto como “O Careta”.

Sem mais artigos