O músico inglês Roger Waters viajou nesta quinta-feira para a Patagônia argentina para descansar da série de nove shows que realizou em Buenos Aires e que reuniram 400 mil pessoas.

O ex-líder do Pink Floyd aterrissou hoje junto com sua esposa e amigos em um voo particular no aeroporto do centro de esqui Chapelcó, perto da cidade turística de San Martín de los Andes, onde tirou fotos com os funcionários do local.


Segundo informou em comunicado a Secretaria de Turismo da cidade, “após finalizar suas nove apresentações no estádio do River Plate, o mítico músico britânico chegou a San Martín de los Andes para descansar e pescar nos lagos da região”.

O músico e seus amigos se alojaram em uma estância, próxima ao lago Lolog, a poucos quilômetros da paradisíaca vila turística, aos pés da Cordilheira dos Andes.

“Tenho certeza que quando os argentinos viram meus shows tentaram gravar tudo em suas retinas. Agora sou eu que gravarei em minhas retinas toda a beleza desta maravilhosa paisagem”, disse o músico, segundo o comunicado.

Waters, que levou a Buenos Aires seu espetáculo The Wall, deve ficar até no próximo sábado no sul argentino, antes de viajar ao Brasil, próxima escala de sua turnê.

Sem mais artigos