Um dos maiores grupos de rock dos anos 80 retorna, após 13 anos, com sua formação original, em projeto especial da MTV.

Um ano antes do lançamento da MTV no Brasil (1990), o RPM dava fim a uma das mais ascendentes histórias do pop rock brasileiro. O MTV RPM 2002, gravado nos dias 26 e 27 de março em São Paulo, no Teatro Procópio Ferreira, é um projeto especial da MTV, o qual não faz parte dos selos Acústico MTV e MTV Ao Vivo. O programa tem estréia marcada para sexta-feira (10/05), às 22h30.

O cenário conta com um videowall, onde imagens do grupo iluminam e ilustram o espetáculo. No palco, Paulo Ricardo (baixo e vocal), Fernando Deluqui (guitarra), Luiz Schiavon (teclado) e P.A (bateria) são acompanhados por uma orquestra. Os arranjos contam com violinos, violas e violão, cellos e metais (trombone, sax e trumpete), além de instrumentos de percussão.

O repertório incluí 18 músicas, sendo 3 inéditas: ‘Fatal’, ‘Rainha’ e ‘Vem Pra Mim’, de autoria de Herbert Viana. Já as participações especiais ficam a cargo de Frejat (‘Exagerado’) e Otto (‘Naja’). O restante é uma compilação dos maiores sucessos da banda, como ‘Olhar 43’, ‘Loiras Geladas’ e ‘Revolução’, tirados dos 4 álbuns de carreira: ‘Revoluções Por Minuto’ (85), ‘Rádio Pirata Ao Vivo’ (86), ‘RPM Milton’ (87) e ‘Quatro Coiotes’ (88), além do hit ‘Vida Real’, de 2002.

O programa traz cenas do show intercaladas com depoimentos dos integrantes da banda.

Junto com a exibição do MTV RPM 2002, a Universal Music lança o CD MTV RPM 2002. O programa em DVD estará brevemente nas lojas.

Sem mais artigos