O clipe de Can’t Remeber To Forget You, de Shakira com a participação de Rihanna, abusa de sensualidade — mas não agradou todo mundo. Na verdade, incomodou mesmo a um certo homofóbico colombiano.

O vereador de Bogotá Marco Fidel Ramirez esbravejou contra o clipe da colombiana em seu facebook. Inclusive, ameaçou iniciar uma campanha para que o vídeo fosse proibido por conta de suas “apologias” ao tabaco e ao “lesbianismo”.

Além de precisar repensar a escolha de suas palavras, já que o termo “lesbianismo” é pejorativo e foi abolido nos anos 1980, Ramirez também tem agora uma bela resposta de Shakira para refletir sobre. Na inauguração de uma escola da sua Fundación Pies Descalzos em Cartagena, ela comentou sobre a crítica do vereador: “Em um país como o nosso onde há tantas necessidades: um sistema de saúde que precisa ser melhorado, um sistema educacional que precisa ser expandido, empregos que precisam ser gerados — para um vereador usar a sua voz e seu tempo para falar sobre um vídeo de um artista como eu, significa que nós não estamos indo muito bem em vereadores sensatos, certo?”

Shakira prometeu o seu novo álbum, autointitulado, para o dia 21 de março. Atualmente, ela está no ar na TV americana como jurada do reality show The Voice.

Assista ao clipe de Can’t Remeber to Forget You:

 

Sem mais artigos