O Slipknot anunciou nesta segunda-feira (18) a saída de Chris Fehn, um dos percussionistas da banda. Em comunicado no site oficial, os integrantes da banda mostraram decepção com o antigo companheiro, que usava uma máscara com um enorme nariz nos concertos do grupo de metal.

“O foco do Slipknot está em fazer o álbum número 6 e nossos próximos shows ao redor do mundo, nosso melhor sempre. Chris sabe o motivo de ele não fazer mais parte do Slipknot. Estamos desapontados por ele ter escolhido apontar e fabricar reivindicações, em vez de fazer o que era necessário para continuar a fazer parte do Slipknot. Nós teríamos preferido que ele não tomasse o caminho que ele tomou, mas a evolução em todas as coisas é uma parte necessária desta vida”, anunciou a banda.

No último dia 14, o site The Blast informou que Fehn moveu um processo contra o Slipknot alegando não receber parte do pagamento das turnês da banda ao longo dos anos. Segundo a nota, o percussionista descobriu que seus companheiros tinham um lucro maior por acordos com empresas de diferentes locais dos EUA ligadas ao grupo.

Fehn era membro do Slipknot desde 1998, participou de todos os shows com a banda até então. O “#3” fazia percussão e vocal de apoio ao lado de Shawn Crahan.

Sem mais artigos