Tom Rowlands, da dupla Chemical Brothers

Tom Rowlands, da dupla Chemical Brothers

A década das raves e do grunge foi celebrada com toda força neste sábado (20), último dia de Sónar aqui em Barcelona. A dupla inglesa Chemical Brothers, que acaba de ser confirmada como headliner na versão paulistana do festival (ao lado de Hot Chip), fez o que sabe fazer melhor: uma megarave indoor com hits bombásticos e audiovisual de enlouquecer.

O sábado sempre foi a noite mais lotada do festival e certamente boa parte do público de ontem estava lá pra ver Tom Rowlands e Ed Simons. Apesar de estarem promovendo seu disco mais recente, Born In The Echoes, foram hits do passado que fizeram o palco SonarClub vir abaixo.

E assim se fez a rave dos ingleses, embalada por músicas que marcaram a década mais emblemática da música eletrônica: Hey Boy Hey Girl, Galvanize, Star Guitar e, êxtase máximo, Block Rockin’ Beats. Os ingleses mostraram o quanto estão em dia e junto com as projeções absurdas que pulavam dos telões fizeram um bailão techno com jeito de revival, mas a cabeça voltada para os dias de hoje. Foi lindo.

Outro representante do passado que se mostrou bem em forma foi o grupo inglês Duran Duran. Já é tradição no Sónar o resgate de clássicas, como já rolou com Chic, Kraftwerk, Massive Attack, Orbital, Grace Jones, entre muitos outros artistas sênior.

Simon Le Bon, do Duran Duran, no Sonar Music Festival 2015, em Barcelona, no terceiro dia

Simon Le Bon, do Duran Duran, no Sonar Music Festival 2015, em Barcelona, no terceiro dia

E já que estamos falando de clássicos, o Duran fez sua parte muito bem, tocando hits que todo mundo conhece mesmo sem saber: Wild Boys, Hungry Like the Wolk, The Reflex, A View To A Kill, Planet Earth, e encerrando com Rio, que transformou o palco SonarClub num gigantesco karaokê.

Pra fechar a tampa dos anos 90 com estilo e bombação, o francês Laurent Garnier, talvez um dos nomes mais frequentes nas edições do Sónar Barcelona, foi encarregado de encerrar os trabalhos no palco SonarPub, já com o dia raiando.

HYPES

O Sónar sabe bem que não dá pra viver de nostalgia e escalou artistas que estão fervendo em diversas cenas, como a linda FKA Twigs com seu show dramático, o poderoso pirralho Skrillex (que tocou sexta), levando notas de EDM-punk pra dentro do festival, o genial Flying Lotus, com seu show audiovisual absurdo, o trio fantástico Siriusmodeselektor (combo formado por Modeselektor, Pfadfinderei e Siriusmo), o DJzaço Jamie Jones, e a DJ Annie Mac, dona de um gosto musical incrível (ela é conhecida por seu programa bombado na BBC). Isso só pra citar os artistas quentes da parte noturna do sábado, que costuma ser a noite mais pop.

Bomba Estereo no Sónar, no terceiro dia de festival em Barcelona

Bomba Estereo no Sónar, no terceiro dia de festival em Barcelona

O destaque do sábado no Sónar Dia foi a incrível banda colombiana Bomba Stereo. A carismática e fervida vocalista Liliana Saumet comandou a festa fazendo um som que eles mesmos chamam de “eletropical” e fez o palco Village se transformar numa ilha caribenha. Com seu look de madrinha de escola de samba puxada num tempero cool, Liliana fez todo mundo dançar até o chão. Que banda!

Durante a tarde do sábado, a organização do Sónar convocou uma coletiva para falar dos próximos 365 dias de festival pelo mundo, que inclui, para nossa sorte, uma parada no Brasil, como já dissemos aqui.

Além de anunciar os números desta edição, que foi a maior até agora em 21 anos de festival, Ricard Robles, um dos criadores do Sónar, falou das oito edições que serão realizadas pelo mundo, sendo quatro datas na América do Sul.

“Esta edição de 2015 é o nosso sonho realizado, a mudança de lugar, a participação das pessoas no Sonar + D, está sendo tudo incrível. Estamos felizes e emocionados. Foram quase 120 mil pessoas nesses três dias e duas noites e esse é o tamanho que queremos ter.  Juntando esse público com o nosso streaming, que recebeu mais de 200 mil visitantes, só podemos agradecer que um festival com o conceito que tem o Sónar pelo mundo tenha tanta gente interessada”, disse.

Para a edição de SP, que acontece entre os dias 24 e 28 de novembro, foram confirmados Chemical Brothers, Hot Chip, Evian Christ e Brodinski. Outros nomes ainda serão anunciados nos próximos meses, façam suas apostas.

Enquanto você espera roendo as unhas pelo Sónar chegar no Brasil, dá pra ir vendo vários shows do festival no arquivo on demand que está liberado (aqui).

Agora é hora de ir pra casa. Sónar, foi lindo. Muchas gracias <3

Sem mais artigos