Spotify retira diversas músicas de Kpop do catálogo

No domingo (28) o Spotify retirou do catálogo diversos grupos de K-pop o que movimentou as redes sociais contra a plataforma de streaming. As músicas saíram do aplicativo por conta do vencimento do contrato entre o streaming e a KakaoM, uma das maiores distribuidoras desse gênero musical.

A KakaoM é responsável por diversos artistas entre eles MAMAMOO, Seventeen, IU, Monsta X, GFRIEND, LOONA e Sunmi. A empresa sul-coreana é responsável por distribuir as músicas na Coréia e no resto do mundo, além disso ela possui o próprio serviço de streaming. A KakaoM decidiu não renovar o contrato com o Spotify para que as músicas ficassem apenas no serviço de streaming que ela é responsável, o Melon.

Em nota, o Spotify afirma que a partir do dia 1º de março os artistas da KakaoM não estarão mais disponíveis na plataforma. Confira a nota completa abaixo.

A partir de 1º de março de 2021, o catálogo da KakaoM não estará mais disponível para nossos ouvintes em todo o mundo devido ao vencimento da nossa licença. Temos trabalhado com a KakaoM ao longo do último ano e meio para renovar o acordo de licenciamento global, para que a música de seus artistas permaneça disponível para os mais de 345 milhões de ouvintes do Spotify em cerca de 170 mercados ao redor do mundo. O fato de ainda não termos chegado a um acordo sobre um novo acordo global é lamentável para seus artistas, bem como para fãs e ouvintes em todo o mundo. Esperamos que essa interrupção seja temporária e possamos resolver a situação em breve. Continuamos comprometidos em trabalhar com detentores de direitos locais, incluindo a KakaoM, para ajudar a expandir o mercado musical coreano e o ecossistema de streaming em geral.

Sem mais artigos