O cantor e instrumentista americano Stevie Wonder e o baiano Gilberto Gil transformaram a Praia de Copacabana nesta terça-feira (25) com um memorável show de Natal, que, segundo fontes da polícia militar, reuniu mais de 400 mil pessoas, um número abaixo do público de 1,5 milhão que estava sendo esperado.

Em plena noite de Natal, a Praia de Copacabana – uma das mais emblemáticas do Rio de Janeiro – se entregou ao soul e ao carisma do cantor americano, que subiu ao palco conduzido por sua filha Aisha e dois filhos mais novos. Após um atraso de 18 minutos e vestido com uma túnica dourada, o astro deu início a sua apresentação logo com o hit What a Wonderful World This Would Be, de Sam Cooke.

Na sequência, Wonder, que até tentou se arriscar no português, arrancou aplausos do público com Bird Of Beauty e Master Blaster (Jammin’). “Tudo bem? Quero dar um feliz Natal para todos vocês e agradecer pelo convite. É a primeira vez que passo o Natal no Brasil e está sendo maravilhoso”, declarou o cantor, que ainda pediu para o público desejar um feliz Natal ao seu neto Miles, que ficou nos EUA.

Outro momento de destaque do show do músico americano, que a todo momento chamava o público para cantar junto, foi uma versão improvisada de Garota de Ipanema, o clássico da bossa nova criado por Vinícius de Moraes e Tom Jobim.

Antes de Steve Wonder subir ao palco, a festa ficou por conta de Gilberto Gil, que deu um toque de reggae e de mpb a essa especial noite de Natal. Durante sua apresentação, Gil ainda fez uma homenagem especial a Claudionor Viana Teles Veloso, a Dona Canô, mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia, que faleceu nesta terça aos 105 anos.

“Viveu uma vida longuíssima e deixou uma família linda. Tanto trabalho, tanta devoção. Nossa Senhora de Santo Amaro, viva mãe Canô, sempre em nosso coração. Ela, que tinha tanto orgulho do samba de roda”, declarou Gil.

Gil e Wonder, que encerraram o show em uma “jam session” repleta de improvisações natalinas e clássicos, como Você Abusou, Samba de uma Nota Só, I Just Called To Say I Love You, You Are the Sunshine of My Life e We Are The World, já se tinham apresentado na noite de domingo (23) em uma casa de shows do Rio de Janeiro.

Na ocasião, a apresentação, que era beneficente e restrita a 1,5 mil pessoas, pretendia arrecadar fundos para Sociedade Viva Cazuza, fundada pela família do roqueiro para atender portadores do vírus HIV.

<iframe width=”640″ height=”360″ src=”http://www.youtube.com/embed/kzvImWtIN_g” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

Sem mais artigos