Taylor Swift não gosta muito de sutilezas: a cantora afirmou, em entrevista ao site PopEater, que faz questão de deixar bem claro sobre quem está falando em suas canções.

Em seu novo álbum, Speak Now, a cantora resolveu abrir o jogo e falar diretamente sobre seus ex-namorados. “Não escondo nada, minhas músicas sempre foram sobre pessoas específicas. Isso poupa o tempo que eu passaria mandando e-mails, já que todo mundo vai ver mesmo”, afirmou ela, que no novo álbum mandou recados nada discretos para John Mayer e Taylor Lautner.

Em Back to December, de acordo com o site, a cantora se desculpa por não ter dado valor a Taylor Lautner. “Fico feliz que você tenha arranjado um tempo para se encontrar comigo. Vejo que você está desconfiado, e com razão – da última vez que nos vimos você me presenteou com rosas e eu as deixei morrendo. Então vou engolir meu orgulho e dizer que sinto muito, e que me arrependo todos os dias por não ter dado valor quando eu tinha você comigo”, escreveu ela na música.

Mas a cantora não tem lá muitas boas lembranças de seu relacionamento com John Mayer. Na música Dear John, ela afirma ter sido usada pelo cantor e ator. “Agora que você foi embora, querido John, não acha que deveria perceber que eu era muito jovem para você vir mexer comigo? Foi muito errado, eu tinha apenas 19 anos e fui manipulada por seus jogos sombrios”, acusou Taylor.

O novo álbum de Taylor Swift, Speak Now, chega às lojas no dia 22 de outubro.

Sem mais artigos