Neste domingo (05) o grupo BaianaSystem e o artista Tiganá Santana lançaram a faixa “Canto para Atabaque” a faixa é a versão musicada de um poema de Carlos Marighella, importante personalidade brasileira e símbolo de resistência perante ao regime militar.

“Canto para Atabaque” reconhece a importância do tambor na construção da identidade africana, baiana e brasileira. Além de reconhecer a importância do povo africano na construção do Brasil. Dessa forma, é destacado como a história e a ancestralidade podem ser retomadas em cada batida de tambor que é transmitida aos nossos ouvidos.

O projeto começou em 2019 quando Maria Marighella, neta de Carlos, convidou Tiganá Santana para musicar o poema de seu avô. A partir daí, o grupo BaianaSystem e o músico Sebastian Notini foram convidados para integrar o projeto.

Com a pandemia, a gravação foi retomada no segundo semestre de 2021. A faixa chega com duas versões: original e aDUBada. O BaianaSystem convidou o parceiro Buguinha DUB que tocou tambores, cantou, mixou e masterizou as faixas. A faixa ainda contou com um registro audiovisual dos bastidores da gravação. Abaixo, confira a faixa e os bastidores da gravação de “Canto Para Atabaque”.

Sem mais artigos