Paul voltou ao topo da parada britânica após 31 anos

Aos 78 anos, Paul McCartney continua provando que é um dos maiores músicos de todos os tempos. Mais de três décadas depois do último número 1, o ex-Beatle alcançou novamente o topo da parada de álbuns do Reino Unido.

“McCartney III” desbancou “evermore”, de Taylor Swift, e liderou a semana de vendas no mercado britânico. Isso tudo na semana do Natal, talvez a mais competitiva do ano.

Paul não chegava à liderança da lista desde 1989, quando lançou “Flowers In The Dirty”. “McCartney III” se tornou o oitavo trabalho do músico a chegar ao topo.

Paul gravou todos os instrumentos de todas as músicas durante o período de isolamento social. Foi o terceiro álbum que ele fez tudo sozinho.

Sem mais artigos