O Korn acabou de lançar The Path Of Totality, um novo álbum totalmente produzido por DJs de dubstep, e o vocalista do quarteto, Jonathan Davis, aproveitou os holofotes para criticar o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Em entrevista a uma revista norte-americana, Davis explicou o que o inspirou a escrever a faixa Illuminati, presente no novo trabalho. Segundo o vocalista, Obama é uma ‘marionete’ da sociedade secreta.

“Ele basicamente afundou o país e o deixou na pior forma que já esteve”, criticou. “É o que digo sobre a Casa Branca, ‘você construiu essa casa da vergonha.’ Todo mundo admirava a Casa Branca e os Estados Unidos e agora acho que é a casa da vergonha. Sinto falta dos velhos tempos, quando as pessoas tinham orgulho de serem norte-americanos.”

LEIA MAIS: “Sempre vi o Korn como a ovelha negra do metal”, diz vocalista

Lollapalooza Brasil: usuários sofrem com lentidão de sistema para comprar ingressos

O grupo ainda liberou, no YouTube, o show completo do lançamento de The Path Of Totality, com uma hora e meia de duração. Assista ao show na íntegra abaixo:

Sem mais artigos