Enquanto os fãs aguardam ansiosamente, Brandon Flowers, vocalista do The Killers, revelou alguns detalhes de seu novo álbum em uma entrevista. Segundo o músico, em Battle Born há apenas duas faixas que seguem a mesma linha do single Runaways, enquanto as outras canções apontam direções diferentes. 

Runaways, com certeza, tem alguns ‘irmãos’ no álbum. É um ótimo ponto de partida, mas há outros estilos também. Nunca escondemos nossas influências e elas estão cada vez mais expostas. O trabalho segue alguns caminhos diferentes e você pode perceber do que gostamos e quais são nossos pontos fortes.” 



Durante a entrevista Flowers também falou sobre o saxofonista Thomas Marth – que gravou e fez turnê com o grupo nos últimos dois trabalhos – e cometeu suicídio em abril deste ano. O músico, de 33 anos, participou nos álbuns Sam’s Town e Day & Age. Thomas foi encontrado morto em sua casa de Las Vegas depois de dar um tiro com uma arma de fogo em sua cabeça.

“A morte dele teve um peso diferente no novo álbum. Foi uma coisa que afetou todo o grupo. Sentimos muito a sua falta e até agora não consegui entender o que aconteceu. Parece um eterno pesadelo”, completou Brandon. 

Na última semana, o grupo apresentou três faixas inéditas em um show ao vivo, Miss Atomic Bomb, Flesh And Bones e Rising TideBattle Born será lançado em setembro.

Sem mais artigos