Snoop Lion, conhecido por defender a discriminalização da maconha, afirmou em entrevista à GQ norte-americana que vai ensinar seus filhos a consumir a erva de forma ‘segura’. A reportagem foi publicada na edição de janeiro da revista. 

“Eu não obrigaria meus filhos a fumarem maconha, mas, se eles quisessem, eu adoraria mostrar como fazer, o jeito certo, para que eles não peguem erva ruim, ou tenham overdose, ou usem alguma coisa que não é limpa”, disse o rapper.

O cantor também afirmou que ter uma família fez com que sua música se tornasse menos agressiva. “Quando você se torna um homem, você começa a ter filhos e viver. Você esquece as armas e sua música se torna ‘ei, eu estou com meu filho e estou vivendo agora'”, contou.

“Se eu me focar na morte, se tornará algo próximo. Eu me tornarei ela. Eu sempre digo para os meus amigos, escrevam músicas sobre serem atingidos por um tiro e isso acontecerá com vocês.”

Vale lembrar que em 2012 vazaram fotos na web de Snoop Lion consumindo maconha ao lado de seu filho Corde Calvin Broadus, de apenas 18 anos. Na época, as imagens geraram indignação de alguns fãs e muita polêmica. 



Sem mais artigos