Derrick Handspike, o autor da biografia de Whitney Houston, revelou nessa segunda-feira (26) que a cantora Whitney Houston planejava se casar novamente com o ex-marido Bobby Brown.

Whitney Houston morreu em fevereiro, e Brown não é bem visto por parte da família da cantora por acreditarem que a união dos dois aproximou Whitney das drogas.

Segundo Handspike, em entrevista ao tablóide americano National Enquirer, Bobby e Whitney planejavam uma cerimônia discreta para reatar o casamento.

“Eles planejavam um casamento pequeno, provavelmente em Las Vegas, apenas com eles dois e a filha, Bobbi Kristina“, revelou o biógrafo.

“Bobby me disse: ‘O mundo pode achar que nós somos passado, mas a realidade é que nunca nos distanciamos. Nunca deixamos de nos amar”.

De acordo com o escritor, a reaproximação ocorreu após a morte do pai de Bobby, em dezembro do ano passado, quando ele foi procurar refúgio na casa de Whitney. 

“Depois do enterro do pai dele, em Boston, ele foi para Atlanta. Por uma semana Bobby se escondeu na casa de Whitney, onde eles reaqueceram o romance e a relação íntima entre os dois. Eles dormiam juntos e conversavam sobre como seria o casamento deles”.

“Bobby desabafou: ‘Eu poderia ter salvado ela! Se eu estivesse com ela, ela não teria morrido naquela banheira. Eu nunca deveria tê-la deixado sozinha”. 

Quando questionado sobre o papel do cantor Ray J – namorado recente de Whitney – nessa situação, Handspike não hesitou em diminuir o rapper: “Até Ray J sabia que nada poderia quebrar o laço entre Bobby e Whitney. A relação [entre Ray e Whitney] acabou se tornando uma espécia de amizade”.

 

Sem mais artigos