Elon Musk revelou em entrevista ao jornal The New York Times que não tomará uma vacina contra à covid-19. O CEO da Tesla e da SpaceX disse que nem ele e nem sua família, correm risco de contaminação pela doença.

Polêmico, o bilionário também já se mostrou descrente quanto à pandemia no mundo. Em março ele publicou no Twitter que os casos seriam zerados até o fim de abril. Musk também afirmou que o pânico causado pelo vírus era idiota.

Com fábricas da Tesla espalhadas pelos EUA, Elon Musk entrou em atrito com as autoridades do país pela reabertura delas, ignorando as regras que proibiam a volta ao trabalho. Em outro momento ele afirmou que iria para a linha de produção junto com seus funcionários.

Sem mais artigos