Ok, isso pode parecer mentira, mas a gente jura que não é! A história de uma mulher vem viralizando na web por conta de uma condição médica: a Hematidrose, uma doença muito rara em que um humano sua sangue.

A mulher, que não teve seu nome revelado, é da Itália e tem 21 anos, mas sofre deste problema desde que tinha apenas 3 anos de idade. Os episódios de ‘suor” parecem não ter nenhum padrão para acontecer.

De acordo com o Centro de Informações do Instituto Nacional de Saúde de Doenças Raras e Genéticas dos Estados Unidos, a causa da hematidrose é desconhecida – ou seja, não há cura – e os sintomas podem ocorrer espontaneamente. É difícil de acreditar, mas é uma doença real.

123

“Sinais e sintomas incluem sudorese de sangue, chorar lágrimas de sangue, sangrar pelo nariz e orelhas, além de outras superfícies da pele”, afirma o site do NIH.

A condição é incrivelmente difícil de ser tratada ou de cuidar e a mulher em questão preferiu se isolar em casa. O jornal The Guardian observa que os médicos da Universidade de Florença prescreveram medicamentos contra a ansiedade e para a pressão arterial como forma de aliviar a condição. Apenas o medicamento para pressão arterial reduziu o sangramento, mas não é uma solução a longo prazo.

“Nossa paciente se tornou socialmente isolada devido ao constrangimento sobre o sangramento e relatou sintomas consistentes com transtorno depressivo maior e transtorno de pânico”, disseram os médicos Roberto Maglie e Marzia Caproni no Canadian Medical Association Journal.

Sem mais artigos