Rajesh Maru, 32 anos, estava carregando um cilindro de oxigênio

Rajesh Maru, 32 anos, estava carregando um cilindro de oxigênio

Um homem morreu após sugado por uma máquina de ressonância magnética no hospital Nair, na Índia, enquanto visitava um parente.Rajesh Maru, 32 anos, foi puxado pelo aparelho ao entrar na sala carregando um cilindro de oxigênio, segundo informações divulgadas pelo Daily Mail.

“Prendemos um médico e um funcionário do hospital por negligência”, disse Deepak Deoraj, porta-voz da polícia local. Relatórios iniciais consideram que a inalação de oxigênio líquido devido ao impacto teria causado a morte de Rajesh. Ramesh Bharmal, representante do hospital, disse que uma investigação interna está em andamento para confirmar como o acidente ocorreu.

Jitendra Maru,  tio da vítima que estava presente na ocasião,  contou que o funcionário do hospital pediu a Rajesh para carregar o cilindro de oxigênio e teria garantido que a máquina de ressonância magnética estava desligada. “Estamos devastados”, disse Maru em entrevista ao jornal. O governo indiano determinou o pagamento de cerca de R$ 20 mil à família como compensação pelo ocorrido.

Máquinas de ressonância magnética criam um forte campo magnético para produzir imagens dos órgãos. Objetos de metal são atraídos ao aparelho e, portanto, não devem estar presentes na sala.

Sem mais artigos