bebida

Pexels

Um novo estudo sugere que o álcool é a causa direta de câncer em diversas áreas do corpo. A pesquisa, publicada no jornal científico Addiction, consiste em uma grande revisão de estudos dos últimos 10 anos de várias organizações, incluindo a World Cancer Research Fund, o American Institute for Cancer Research e o International Agency for Research on Cancer.

Aproximadamente 6% das mortes de câncer no mundo podem ser ligadas ao álcool, incluindo pessoas que bebam pouco ou moderadamente, o estudo conclui. “Da perspectiva da saúde pública, é estimado que o álcool causou meio milhão de mortes de câncer em 2012”, escreveu Jennie Connor, autora do estudo e professora da Universidade de Otago, na Nova Zelândia.

cerveja

Pexels

O estudo determinou que há uma forte ligação entre o consumo de álcool e o câncer em áreas específicas do corpo, como fígado, esôfago, mama e cólon. Também contribuiria para próstata, pâncreas e pele. Como o álcool causa câncer ainda não é completamente compreensível. Por exemplo, câncer na garganta, boca e fígado podem ser amplamente atribuídos ao componente carcinogênico chamado acetaldeído. Níveis elevados de acetaldeído salivares foram encontrados quando a pessoa está bebendo.

Como solução para a questão do álcool causar câncer, Connor sugere que todos deveriam reduzir seu consumo, não apenas aqueles que são considerados consumidores assíduos. “A diminuição terá um efeito importante na incidência de câncer”, escreve a professora no estudo.

Sem mais artigos