Ansiedade afeta 9% dos brasileiros

Flickr/Reprodução Ansiedade afeta 9% dos brasileiros

O Brasil tem a maior taxa de transtorno de ansiedade do mundo. Mais de 18 milhões de brasileiros, cerca de 9% da nossa população total, sofrem desse mal, compondo uma fatia considerável dos 33% de habitantes do planeta que foram diagnosticados com o problema, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Por isso, a necessidade de discussão da doença tem ampliado o debate sobre os sintomas dessa que é uma deficiência filha da vida contemporânea. Nesse sentido, o site Awebic listou oito atitudes “comuns” que podem sinalizar que você está com ansiedade. Veja abaixo:

1. Desistir de fazer algo que você realmente gostaria de ter feito 

A ansiedade é uma doença incapacitante. Por isso, não conseguir reunir energias para sair de casa, por exemplo, é um sintoma comum. Pessoas que sofrem desse mal costumam, mesmo empolgadas, recusar convites por acreditarem que seriam um “fardo” para outros que estarão presentes.

2. Você fica obcecado por coisas que não valem a pena 

Coisas comuns costumam ganhar um peso muito grande na sua mente. Você fica obcecado com algo que possa ter dito em uma conversa importante, raramente se sente bem ao lembrar de decisões recentes que tomou e desenvolve uma paranoia de acreditar que, a qualquer momento, algo de ruim acontecerá. É o seu chefe que te “olhou feio”, um amigo que postou foto no bar e não te chamou. A ansiedade te faz acreditar que está sempre desagradando alguém.

3. Acordar cedo voluntariamente mesmo estando cansado 

Uma das piores experiências para quem sofre de ansiedade é a hora de dormir. O sono é sempre perturbado e sua mente simplesmente não desliga. Sua preocupação com as coisas que aconteceram no dia anterior é tão grande que você não consegue tirá-las da cabeça na hora de dormir, o que faz seu sono ser interrompido toda hora.

4. Sempre pensa no pior 

Sempre que uma coisa está muito boa, você se assusta pois acredita que o pior está por vir. Você tem medo de tudo e sempre coloca os riscos de imprevistos numa escala muito mais alta que o comum.

5. Você sempre repete as conversas na sua cabeça 

A ansiedade te faz revisar cada tópico do que disse logo após dizer. Você termina uma conversa e fica tentando lembrar se disse algo de errado, pois sabe que ter criado um possível conflito só vai piorar sua situação psicológica.

6. Você fica ainda mais preocupado consigo mesmo quando alguém se preocupa com você 

Lógico que ninguém faz por mal, mas o fato de as pessoas se preocuparem com uma crise que você esteja tendo faz com que você se sinta pior. Você pensa: ‘se até eles estão preocupados, eu realmente devo estar bem mal'”.

7. O futuro é um grande gatilho 

Falar do futuro é algo que você não suporta. Você odeia quando alguém te pergunta quais seus planos para os próximos anos, pois pensar no seu futuro faz você temer não ser bom o suficiente.

8. Você sempre se compara a outras pessoas 

Na era das redes sociais, ver outros colegas produzindo coisas legais e evoluindo na vida te sufoca. Tudo que você tem e faz parece pior que o do outro e, mesmo que você não queira, as comparações são inevitáveis.

Sem mais artigos