Pesquisas iniciais feitas nos EUA mostram que uma pílula anticoncepcional feita para homens foi considerada segura após uma série de testes.

A droga, chamada 11-beta-MTDC, tem como objetivo diminuir a produção de esperma nos testículos enquanto assegura os níveis de testosterona normais no restante do corpo masculino.

Os testes foram realizados com 40 homens, que tomaram doses diárias da pílula, e apesar de alguns efeitos colaterais leves como fadiga, dores de cabeça e acne, nenhum deles abandonou os testes. Só cinco disseram que a libido estava mais baixa, mas mantiveram suas vidas sexuais rotineiramente.

Apesar de concluírem que a droga é segura, os médicos ainda não sabem garantir com certeza absoluta a eficácia do produto. “O objetivo é encontrar o composto que tenha menos efeitos colaterais e seja o mais eficaz”, disse Stephanie Page, professora da Escola de Medicina da Universidade de Washington.

Mas ainda deve demorar um tempo até que as pílulas sejam distribuídas em drogarias pelo mundo todo. A droga ainda está em período de testes e a aprovação do medicamento deve levar alguns anos.

Apesar disso, Christina Wang, diretora da Los Angeles Biomed Research Institute, já estipulou um prazo para as pílulas serem comercializadas. “A contracepção hormonal masculina segura e reversível deve estar disponível em cerca de 10 anos”.

Sem mais artigos