Todo mundo já quis ter uma tattoo de henna na vida. A graça estava justamente na brevidade da brincadeira, ou seja, era só esperar alguns dias e a pele não apresentaria o menor traço de uma tatuagem no local escolhido.

Infelizmente, o mesmo não aconteceu com um Madison Gulliver, uma garota de 7 anos que sofreu queimaduras químicas por conta de uma tattoo de henna feita durante uma viagem com a família.

Ela ganhou o presente dos pais, que acharam o procedimento seguro no spa do hotel onde estavam hospedados. Quando a família voltou para o Reino Unido, os problemas começaram.

Bolinhas vermelhas surgiram no local da tatuagem, acompanhadas de uma leve coceira. A vermelhidão ainda não tinha começado. No dia seguinte, depois de lavar a tinta, a menina descobriu uma erupção cutânea ao redor da tatuagem.

As bolhas precisaram ser removidas no hospital, já que nenhum creme estava ajudando a controlar a irritação. Agora, Madison precisará consultar especialistas em dermatologia para cuidar das cicatrizes causadas pela tattoo de henna.

Mesmo sendo temporária, a tinta pode conter produtos extremamente agressivos para a pele de crianças. Fica o alerta!

Tatuagem de henna deixa queimadura assustadora em menina de 7 anos

Sem mais artigos