Em Harry Potter e As Relíquias da Morte, Hermione conta a Harry o Conto dos Três Irmãos, uma fábula que explica a origem das Relíquias da Morte. A história fala sobre três irmãos que cruzam o caminho da Morte enquanto estão atravessando um rio. A Morte se sentiu trapaçeada, uma vez que os três usaram mágica para atravessar, enquanto pessoas normais normalmente se afogariam na água. Para parabenizá-los, ela resolveu dar um presente a cada um.  O irmão mais velho pediu uma varinha poderosa, pelo qual ele foi assassinado assim que chegou em seu destino. O outro irmão pediu uma pedra que deu a ele a habilidade de trazer de volta a sua falecida amante, cujo fantasma desapareceu assim que ela foi trazida de volta dos mortos. Isso levou ele a se matar para encontrá-la em outro mundo. O irmão mais jovem, que era o mais humilde, pediu uma capa de invisibilidade para se esconder dele até que chegasse a sua hora de morrer, depois de velho. Quando a sua hora chegou, o irmão mais jovem encontrou a morte como se fosse um velho amigo.  A teoria era de que os três irmãos representavam personagens de Harry Potter: Voldemort é o primeiro irmão, que morreu por poder. Severus Snape, o segundo, que morreu por seu grande amor. E Harry Potter, o terceiro, que cumprimentou a morte como um velho amigo. Isso transformaria Dumbledore na morte, uma vez que ele encontra Harry em outro mundo e possui a varinha, a pedra e a capa da invsibilidade ao longo da série.  A própria J.K. Rowling, autora da história achou a teoria muito linda.

Reprodução

Muitos adoram ver filmes e criar teorias sobre as histórias. Com a internet, isso se tornou ainda mais forte, uma vez que esses rumores podem ser disseminados com mais facilidade em fóruns de discussão e redes sociais.

Muitas dessas teorias são apenas nonsense, mas – quem diria – outras são realmente reais.

Veja algumas bem curiosas:

Teorias criadas por fãs de filmes que na verdade eram reais

Sempre houve uma teoria famosa de que o mercador ambulante e o Gênio da Lâmpada de Aladdin eram a mesma pessoa. Isso porque ambos são dublados por Robin Williams na sua versão original em inglês e são os únicos personagens que derrubam a quarta parede e falam diretamente com os espectadores. A teoria era verdade, inclusive confirmada pelos diretores do filme, Ron Clements e John Musker.  A intenção original era de no próprio final do filme o mercador se revelar como o Gênio.
Em Harry Potter e As Relíquias da Morte, Hermione conta a Harry o Conto dos Três Irmãos, uma fábula que explica a origem das Relíquias da Morte. A história fala sobre três irmãos que cruzam o caminho da Morte enquanto estão atravessando um rio. A Morte se sentiu trapaçeada, uma vez que os três usaram mágica para atravessar, enquanto pessoas normais normalmente se afogariam na água. Para parabenizá-los, ela resolveu dar um presente a cada um.  O irmão mais velho pediu uma varinha poderosa, pelo qual ele foi assassinado assim que chegou em seu destino. O outro irmão pediu uma pedra que deu a ele a habilidade de trazer de volta a sua falecida amante, cujo fantasma desapareceu assim que ela foi trazida de volta dos mortos. Isso levou ele a se matar para encontrá-la em outro mundo. O irmão mais jovem, que era o mais humilde, pediu uma capa de invisibilidade para se esconder dele até que chegasse a sua hora de morrer, depois de velho. Quando a sua hora chegou, o irmão mais jovem encontrou a morte como se fosse um velho amigo.  A teoria era de que os três irmãos representavam personagens de Harry Potter: Voldemort é o primeiro irmão, que morreu por poder. Severus Snape, o segundo, que morreu por seu grande amor. E Harry Potter, o terceiro, que cumprimentou a morte como um velho amigo. Isso transformaria Dumbledore na morte, uma vez que ele encontra Harry em outro mundo e possui a varinha, a pedra e a capa da invsibilidade ao longo da série.  A própria J.K. Rowling, autora da história achou a teoria muito linda.
Muitos fãs sempre desconfiaram que Robocop era uma história com mensagens escondidas sobre Jesus Cristo e o cristianismo. Talvez essas mensagens não estivessem tão escondidas assim. A prova: Robocop é um homem que é morto de maneira brutal e volta dos mortos para salvar a cidade de Detroit do mal. O diretor do filme original, de 1987, Paul Verhoeven, confirmou a teoria.
Enquanto Rapunzel e Flynn, de Enrolados, fazem uma breve participação em Frozen, há um rumor de que o Tarzan da Disney também tem uma conexão com Anna e Elsa. Segundo a  teoria, os pais das princesas são as mesmas pessoas que sofrem um naufrágio na ilha selvagem no começo de Tarzan, o que transformaria o rei da selva no irmão mais novo de Anna e Elsa.  De acordo com os diretores de Frozen, Jennifer Lee e Chris Buck (Buck também é o diretor de Tarzan), eles não morrem no barco. Eles vão parar em uma ilha selvagem, a rainha dá à luz a um menino, eles constroem uma casa na árvore e são devorados por um leopardo. Que loucura.
A teoria é de que a animação japonesa é uma alegoria sobre a prostituição na sociedade japonesa do século 19. Chihiro é forçada a trabalhar em uma casa de banho para uma bruxa má depois que seus pais comem uma comida que era destinada para os deuses. Chihiro trabalha como
Há uma lenda urbana de que os trabalhadores cobertos com curativos ensanguentados na fábrica de Irontown têm lepra. Na versão original da animação, em japonês, os personagens são descritos como
Durante mais de 30 anos, fãs discutiram sobre Rick Deckard (interpretado por Harrison Ford), de Blade Runner, ser um replicante ou não. Muitas teorias surgiam sobre o assunto, até que em 2002, o próprio diretor, Ridley Scott, confirmou a teoria: sim, Deckard é um replicante.
Prometheus, de Ridley Scott, era mais do que uma simples prequela de Alien. A ideia do diretor era a de que Engenheiros criaram a humanidade na Terra e quando a raça humana se perdeu em caos e guerras sem fim, eles enviaram outro Engenheiro, Jesus Cristo, para arrumar tudo e fazer a coisa certa.  No fim das contas, a teoria, criada originalmente em um post do LiveJournal, era verdadeira. O diretor apenas optou por deixar a analogia com Jesus mais ambígua do que  a que tinha sido concebida originalmente.
Essa é uma teoria bem famosa. Além dos cigarros Red Apple, que aparecem em quase todos os filmes do diretor, muitos de seus personagens dividem sobrenomes, como, por exemplo, Donny Donowitz (Eli Roth), de Bastardos Inglórios, e Lee Donowitz (Saul Rubinek), de Amor à Queima Roupa (filme no qual Quentin assina apenas o roteiro). Pete Hicox (Tim Roth), de Os Oito Odiados, e Archie Hicox (Michael Fassbender), de Bastardos Inglórias, também seriam parentes.  Em uma entrevista, Tarantino admitiu que todos os seus filmes pertencem ao mesmo universo, mas de uma maneira diferente.

9 teorias criadas por fãs de filmes que na verdade eram reais

Sem mais artigos