A Saga Crepúsculo continua disparando na bilheteria. Amanhecer – Parte 1, primeira parte do gran finale da franquia, já passou dos US$ 700 milhões, com exatos 701,3 milhões (cerca de 1,22 bilhão de reais) anunciou o Lionsgate, que recentemente comprou a Summit Entertainment.

Segundo o estúdio, o filme está a caminho de se tornar o mais rentável da franquia, já que ainda está abaixo da arrecadação de Lua Nova, que gerou 709,8 milhões. Os outros dois filmes, Eclipse e Crepúsculo, faturaram US$ 698,5 milhões e US$ 390,4 milhões respectivamente. A previsão do sucesso se deve ao fato de que Amanhecer – Parte 1 ainda não estreou no Japão e na China.

Os co-presidentes do Grupo Lionsgate, Rob Friedman e Patrick Wachsberger, declararam: “O marco é importante em várias frentes e ilustra a vitalidade da franquia em uma escala global, mesmo depois de quatro filmes. A história de Stephenie Meyer e seus personagens foram trazidos para a tela desta vez por meio das mãos habilidosas de Bill Condon, juntamente com o elenco e equipe que estiveram na franquia desde a sua criação. Estamos muito orgulhosos do sucesso que franquia tem experimentado e de antecipar a conclusão da saga em novembro deste ano”.

A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1 estará disponível em Blu-ray, DVD e VOD a partir do dia 11 de fevereiro. A Parte 2, também dirigida por Condon, tem estreia marcada para 16 de novembro de 2012

Sem mais artigos