Quando estrelou o filme A Super Agente em 2012, Miley Cyrus ainda era vista como uma “queridinha da mídia”: moça comportada, estrela teen, cantora e atriz. Para quem acompanha o noticiário, não é nada difícil ver que a mocinha que está no longa que é exibido na Sessão da Tarde desta terça-feira (5) mudou muito de lá pra cá.

No filme, ela vive a detetive particular Molly Morris, convocada pelo FBI para se investigar uma irmandade em uma universidade e proteger a filha de um mafioso.

Sem mais artigos