Martin Scorsese finalmente rodará Silence, um projeto preparado com carinho pelo cineasta nova-iorquino, com Andrew Garfield (O Espetacular Homem-Aranha) como protagonista, informou o site da revista Variety.

Após duas décadas tentando concretizar a produção, Scorsese filmará em junho do próximo ano esta produção baseada no romance do falecido escritor japonês Shusaku Endo, sobre as dificuldades dos missionários jesuítas naquele país asiático.

 

O filme, cujos direitos internacionais serão negociados no próximo Festival de Cannes, contará também com a participação do ator japonês Ken Watanabe.

Em entrevista ao site sobre o projeto, Scorsese indicou que se trata de um filme muito pessoal sobre as raízes da fé religiosa, matéria que já abordou em produções como A Última Tentação de Cristo (1988) e Kundun (1997).

“É algo que sempre fez parte da minha vida. É difícil de entender para as pessoas que não cresceram nesse mundo, o do catolicismo romano em Nova York durante os anos 1950. Mas me impressionou o suficiente para ser parte desse mundo e aos 15 ou 16 anos me dei conta de que era muito mais duro e complicado do que pensava, em termos de vocação”, declarou o diretor.

Garfield dará vida ao padre Rodrigues, um jesuíta português do século 17 que viaja ao Japão com outro sacerdote entre rumores que seu mentor abandonou a Igreja. É um momento de perseguição religiosa na nação asiática no qual os cristãos eram forçados a praticar sua religião de forma clandestina.

Já Watanabe encarnará o intérprete dos sacerdotes. O resto do elenco será completado por atores japoneses, entre eles Issei Ogata. A produção, uma nova versão da fita original de 1971 dirigida por Masahiro Shinoda, será rodada quase totalmente em japonês.

Scorsese está atualmente editando The Wolf of Wall Street, protagonizada por Leonardo DiCaprio, que estreia no Brasil no dia 6 de dezembro deste ano.



Sem mais artigos