Woody Allen não pretende parar de trabalhar, mesmo já estando com 76 anos de idade. Em uma entrevista à agência Wenn, ele disse que vai continuar na ativa mesmo que parem de financiar seus filmes.

“Não consigo me ver me aposentando e acariciando um cachorro em algum lugar. Eu gosto de levantar e trabalhar e sair. Tenho muita energia e ansiedade nervosa, então não me vejo parando. Talvez eu repentinamente tenha um derrame ou um ataque cardíaco e seja forçado a me aposentar, mas, se minha saúde se mantiver, não espero parar”, explicou.

Quanto à possibilidade de encontrar dificuldades financeiras para continuar filmando, Allen também já pensou em uma solução.

“Mais cedo ou mais tarde os caras que bancam os filmes ficam espertos e dizem ‘isso não vale todo o sofrimento’, e eles param de me dar dinheiro. Mas ainda assim eu não me aposentaria. Eu escreveria peças ou livros”, cogita. 

O mais recente filme de Woody Allen, Para Roma, Com Amor, estreia no Brasil no próximo dia 29.


Sem mais artigos