A atriz, cineasta e cantora brasileira Norma Bengell morreu na madrugada desta quarta-feira (9) aos 78 anos, em decorrência de um câncer no pulmão direito, diagnosticado há seis meses. Ela estava internada no Hospital Rio Laranjeiras, no Rio de Janeiro.

A artista, cujo nome completo é Norma Aparecida Almeida Pinto Guimarães D´Áurea Bengell, foi a primeira a realizar um nu frontal no cinema brasileiro, no filme Os Cafajestes (1962), de Ruy Guerra. Entre 1959 e 1992, realizou quase 60 longas, entre eles Noite Vazia (Walter Hugo Khouri), O Pagador de Promessas (Anselmo Duarte) e A Idade da Terra (Glauber Rocha).

Ela dirigiu quatro filmes: Eternamente Pagu (1988), O Guarani (1996), Magda Tagliaferro – O mundo dentro de um piano (2005) e Infinitamente (2005).

Sem mais artigos