Ao contrário da maioria das enquetes dos grandes portais de internet, que apostava na saída de Diogo e Paula do Big Brother Brasil 11, os eliminados desta terça-feira (01) foram o baiano e Janaina. Eles deixaram o programa com 44% e 33% dos votos, respectivamente.

Em seu discurso de eliminação, Pedro Bial foi até fino: “A felicidade existe apenas na imaginação (citando Mozart). É seu bem, sua fortuna, Janaina. Diogo e Paula padecem do mesmo mal, foram e são as meninas dos olhos de seu lar. A eles, por amor, tudo foi dado, até mesmo os sonhos. O que lhes restou sonhar? Só restou sonhar sonhos impossíveis, ou quase impossíveis. Pois até os sonhos inventados já lhes haviam sido tomados”.

Na sequência, imaginou Diogo e Paula numa situação: se tentassem tornar-se o imperador francês Napoleão Bonaparte. “Paula haveria de chorar desconsolada antes mesmo de tentar (…) Diogo, antes mesmo de tentar, diria: ‘Eu sou Napoleão'”, concluiu. E então deu o veredicto: “Meus queridos Diogo, Janaína, Paula, vida que segue. O público pensou e não pensou e coisas assim e julgou outras tantas bem diversas, votou e decidiu. Sai do Big Brother Brasil agora Janaina e Diooogo”.

A comoção foi grande. O primeiro escândalo veio de Paula, que gritou pela casa a sua vitória. Em seguida, Janaina discursou para os brothers são ser bom, enquanto Mauricio e Rodrigão consolavam Diogo. O amigo roqueiro ficou desolado e chorou muito com a saída. “Eu te amo, cara”, repetiu várias vezes.

Agora, do lado de fora, o polêmico Diogo deve enfrentar a família de Paula por conta da briga homérica, em que ele a chamou de “gorda, nojenta e cara-de-pau” e ameaçou agredí-la. Segundo o irmão da participante, Sdaourleos Leite, a família só vai esperar a saída da sister para abrir um processo.

SAIBA QUEM JÁ FOI ELIMINADO E VEJA FOTOS DA CASA

Sem mais artigos