Marcos permanece na casa

TV Globo/Reprodução Marcos permanece na casa

O jornalista Leo Dias, do jornal O Dia, disse, durante o programa Fofocalizando, do SBT, nesta sexta-feira (7), que o BBB Marcos Harter não concluiu a residência médica porque “roubava toalhas” do local onde estudava.

Instituída pelo Decreto nº 80.281, de 5 de setembro de 1977, a residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização. Cumprido integralmente dentro de uma determinada especialidade, o programa confere ao médico residente o título de especialista.

Marcos, que é cirurgião plástico, precisa desse certificado para exercer a profissão.

Via Twitter, a família respondeu as acusações do jornalista, mostrou os diplomas que comprovam a realização das exigências e disse que irá processar Leo Dias pelo que disse e até o próprio SBT. “Querem falar do jogador Marcos falem, mas NUNCA inventem coisas do profissional que ele é! Gente mesquinha, abutres que vivem de lixo (…) SBT e seus pseudo-apresentadores sendo acionados judicialmente nesse momento! Chega de inconsequentes falando absurdos impunemente!”, diz a mensagem.

Veja com quem os brothers do BBB17 se parecem

BBB: família de Marcos apresenta diplomas e desmente jornalista em acusação de furto

Sem mais artigos