No segundo paredão do BBB13, Dhomini levou a pior. Com 54% dos votos, ele perdeu a disputa para Anamara e deixou o programa na noite desta terça (22), uma semana após Aline, a primeira eliminada.

Campeão na terceira edição do programa, o goiano teve desta vez uma trajetória bem diferente, sem interagir muito com os colegas e chegando até a entrar em atrito com Elieser e a criticar Fani.

No entanto o ex-vencedor se deu bem justamente com Anamara e, já do lado de fora da casa, disse ao apresentador Pedro Bial que irá torcer para que ela leve o prêmio de R$ 1.5 milhão.

“Tá bem mais difícil, e eu tenho menos energia. Talvez eu fosse fazer besteira com o R$ 1,5 milhão”, se conformou Dhomini, antes de afirmar: “Não tem jeito, eu torço para a Anamara”.

Ao anunciar o resultado, Bial ressaltou as comparações entre as duas participações de ambos os emparedados no Big Brother Brasil. “Ser conhecido é uma vantagem e uma desvantagem para os veteranos. E quem resiste a ser comparado a si mesmo? Só existe passado e futuro, o presente acabou de passar ou ainda está para chegar. Grandes figuras, vocês dois… Marcaram época… Um foi simplesmente campeão. Um supercampeão. A outra roubou meu coração. Tantas virtudes, ambos. Inteligência, presença de espírito, senso de humor. Se a primeira vez foi feliz e bem sucedida, porque não repetir a história. Sim, a história se repete. Perdeu campeão, Dhomini, vem para cá!”, concluiu.

 


Sem mais artigos