O filme Cine Rincão, representante brasileiro na final do Your Film Festival – o festival de curta-metragens do YouTube -, pode sair do Festival de Veneza como vencedor da disputa no próximo domingo e, de quebra, levar a premiação de US$ 500 mil e assegurar um contrato com a Scott Free, a produtora do cineasta Ridley Scott.

Dirigido por Fernando Grostein Andrade e Fernanda Fernandes, o curta-metragem, que é baseado em fatos reais e narra a história de um jovem da periferia de São Paulo que consegue sobreviver a um tiro no peito, aparece entre os dez finalistas de uma seleção que contou com mais de 15 mil filmes.

Além dos diretores, o próprio personagem real que inspirou e narrou o curta, Paulo Eduardo, também foi a Veneza. Após quase perder a vida em um tiroteio, o jovem conseguiu superar todas as adversidades de seu entorno e, amparado pela magia do cinema, dar continuidade ao projeto que é relatado no filme: um cinema para as crianças carentes de Osasco.

“Trata-se de um semidocumental, já que recriamos uma história que é contada por seu verdadeiro protagonista (Paulo Eduardo)”, explicou à Agência Efe Grostein, orgulhoso pelo fato de ter garantido a primeira viagem do jovem para fora do país.

“Meu filme favorita é ‘Cinema Paradiso’ e me parece um sonho estar aqui, onde Giuseppe Tornatore apresentou vários filmes. Isto me faz muito feliz. Toda minha família chorou ao ver o curta-metragem”, declarou Paulo Eduardo.

Além de Cine Rincão, a disputa do festival de curtas do YouTube, que conta com a presença do próprio Ridley Scott e do ator Michael Fassbender no júri, apresenta o espanhol The Gilt e o boliviano El General.

88:88 e The Drought (EUA.), Bat Eyes e Scruples (Austrália), North Atlantic (Reino Unido), Super.Full (Líbano) e This Time (Egito) completam a lista dos dez finalistas do festival, organizado pelo YouTube e pela companhia aérea Emirates.

 

Veja o curta Cine Rincão:
<iframe class=”virgula-player” type=”text/html” width=”630″ height=”390″ src=”http://virgula.com.br/ver/video/13224″ frameborder=”0″></iframe>

Sem mais artigos